Pesquisadora do Inpa é agraciada com prêmio ‘Para Mulheres na Ciência’


Fernanda

Fernanda Werneck desenvolve projetos com apoio da Fapeam e é a única escolhida da região Norte. Premiação é uma iniciativa da L’Oreal Brasil

Pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e desenvolvendo projetos com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Fernanda Werneck é uma das sete vencedoras da 11ª edição do prêmio “Para Mulheres na Ciência”, iniciativa brasileira voltada às mulheres cientistas promovida pela L’Oréal Brasil, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e Academia Brasileira de Ciências (ABC).

A lista com o nome das sete vencedoras foi divulgada no dia 1º deste mês e Fernanda é a única representante da região Norte. A bióloga foi escolhida por conta do estudo intitulado “Determinante da diversidade genética e evolução no ecótono Cerrado-Amazônia”, que visa investigar os padrões de diversidade genética e fluxo gênico de lagartos e os efeitos que as mudanças climáticas podem causar sobre a diversidade e estrutura genética no Cerrado, Amazônia e na zona de transição entre esses biomas.

“É uma honra muito grande receber esse prêmio em reconhecimento a todo um trabalho. Além disso, é uma grande oportunidade para dar maior visibilidade às importantes contribuições de jovens cientistas brasileiras à pesquisa em evolução da biodiversidade Neotropical”, comentou Werneck.

A pesquisadora disse que suas linhas de pesquisa integram abordagens ecológicas e evolutivas para investigar as origens da biodiversidade Neotropical e da variação genética na região de transição entre os dois maiores biomas da América do Sul, Amazônia e Cerrado, que coincide com o Arco do Desmatamento.

“No projeto, utilizamos lagartos como organismos-modelo para avaliar os efeitos de mudanças climáticas globais nos potenciais riscos de extinção e capacidades adaptativas das espécies. As descobertas visam aprimorar o conhecimento básico sobre a altíssima diversidade biológica de áreas criticamente ameaçadas, com implicações relevantes para estratégias de conservação”, disse a pesquisadora.

FernandaWerneck_Campo

Fernanda Werneck desenvolve projetos com apoio da Fapeam

Cada uma das sete cientistas agraciadas receberá uma bolsa-auxílio no valor de R$ 50 mil para dar prosseguimento em suas pesquisas. A cerimônia de premiação acontece no dia 20 de outubro, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

As pesquisas em curso pelas homenageadas oferecem novas soluções a questões vitais da humanidade e se concentram nas áreas de Ciências Biológicas, da Saúde, Química, Física e Matemática. Os temas das pesquisas vão desde os efeitos das mudanças climáticas nos riscos de extinção até um estudo para desenvolver analgésicos que combatam a causa das dores de cabeça e nas extremidades.

Fernanda Werneck é pesquisadora do Inpa desde 2013 e entre os projetos que desenvolve com apoio da Fapeam destaca-se o intitulado “A história da paisagem e seus efeitos na evolução de nichos e diversificação da herpetofauna Amazônica”, realizado por meio do Programa de Apoio à Pesquisa (Universal- Amazonas).

Esterffany Martins – Agência Fapeam

Com informações do site “Para Mulheres na Ciência”

Fotos: Arquivo pessoal

Deixe um novo comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

  • Banners-lateria-da-FAPEAM

  • banner-final

  • BANNER-CAPES---FAPEAM

  • 2019-09-17

  • 2019-09-17-(1)

  • Untitled-3

  • banner lateral portal pro incubadoras-04

  • E-Ouv-300x212