Pesquisador do Amazonas é finalista em premiação nacional de ciência, tecnologia e inovação


O Amazonas está entre os 11 estados brasileiros que concorrem ao Prêmio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I)– Professor Francisco Romeu Landi. Indicado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), o cientista Eduardo James Pereira Souto, vencedor na categoria de “Pesquisador Inovador do Prêmio Fapeam de CT&I é um dos finalistas da premiação nacional, que ocorrerá no dia 9 dezembro em Foz do Iguaçu, no Paraná.

A lista com os 18 finalistas está disponível no site do Confap distribuída em seis categorias, entre as quais estão: Pesquisador (a) Destaque – Ciências da Vida; Pesquisador (a) Destaque – Ciências Exatas; Pesquisador (a), Destaque – Ciências Humanas; Pesquisador (a) Inovador(a) – Inovação para o Setor Empresarial; Pesquisador(a) Inovador(a) –  Inovação para o Setor Público e Profissional de Comunicação.

Acesse aqui a lista dos indicados ao Prêmio Confap de CT&I

Prêmio Fapeam de CT&I

Com investimento de R$248.160,00 do Governo do Amazonas, o Prêmio Fapeam de CT&I foi uma ação inédita da Fapeam que teve como objetivo reconhecer publicamente e premiar pesquisadores e profissionais de comunicação com destacada trajetória no Estado, e relevante atuação para o conhecimento científico, tecnológico, inovativo, social, ambiental e desenvolvimento econômico do Amazonas.

O Prêmio Fapeam de CT&I foi distribuído em quatro categorias: 1) Pesquisador Destaque, 2) Pesquisador Inovador, 3) Profissional de Comunicação e 4) Pesquisador Ciência na Escola, com premiações de R$1.650 a R$ 5.720,00.

A Premiação no Amazonas ocorreu no dia 12 de novembro de forma virtual por meio do canal do YouTube da Fapeam. Assista a cerimônia: https://www.youtube.com/watch?v=To5x69F-IaI&t=1526s

Reconhecimento

Doutor em Ciências da Computação, Eduardo James Pereira, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), destacou que as pesquisas desenvolvidas no Instituto de Computação da Ufam têm ajudado a alavancar soluções para o desenvolvimento das empresas do estado do Amazonas e do Brasil e diz estar feliz com a premiação no âmbito estadual promovida pela Fapeam.

“Sou muito grato a Fapeam por conceber iniciativas como essa, por conduzir políticas públicas que continuamente produzem ciência, tecnologia e inovação no Estado do Amazonas. Fiquei muito feliz, receber o prêmio Fapeam de CT&I é uma honra e um privilégio para mim. Esse prêmio simboliza a valorização do nosso trabalho. Eu considero esse prêmio uma conquista coletiva, porque ele é fruto da colaboração com outros pesquisadores, colegas de trabalho, alunos dos cursos de graduação e pós-graduação, das parcerias com as empresas do polo industrial de Manaus”, agradeceu.

Prêmio Confap de CT&I

Eduardo James Pereira Souto- pesquisador da Ufam

Para James estar entre os finalistas do Prêmio Confap, na categoria “Pesquisador Inovador- Inovação para o Setor Empresarial” é uma honra. “Considerando a quantidade e qualidade dos pesquisadores no Amazonas, já me sinto honrado simplesmente por ter sido indicado para Prêmio Confap. Ter essa indicação em si já é um reconhecimento, um prêmio, e é extremamente gratificante”, ressaltou.

Além do Amazonas, concorrem na categoria “Pesquisador Inovador- Inovação para o Setor Empresarial” cientistas do Espírito Santo e Minas Gerais.  A modalidade é voltada para inovação com pedido de patente, de registro de modelo de utilidade, de registro de software ou de indicação geográfica, no Brasil ou no exterior, relativos ao produto ou processo inovador, e/ou tenham promovido transferência de tecnologia ou a criação de novas empresas/startups.

Por: Esterffany Martins/Decon Fapeam

Deixe um novo comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

  • 2021-02-23

  • simulação-site---proposta-2-2

  • banner-linhas-de-ação-portal

  • BANNER-AGÊNCIA-AMAZONAS

  • selo-1

  • falabr-logo-azul-1